Título do TCC:

Uso de pedra ardósia como substrato alternativo para o cultivo de alface


Autores:

Alisson Fernando Rodrigues Gonçalves


Orientadores:

Anderson Fernando Wamser


Assunto:

Lactuca sativa, hortaliça, ambiente protegido


Resumo:

A alface (Lactuca sativa) é a hortaliça folhosa de maior importância no Brasil. Assim substratos para a produção de mudas olerícolas vêm sendo estudados intensivamente, bem como formas alternativas que proporcionem melhor qualidade e desenvolvimento. Com isso, o objetivo deste trabalho foi avaliar duas fontes de substrato no desenvolvimento final de alface crespa. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, no município de Caçador -SC. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com 2 tratamentos e 12 repetições. Os tratamentos constituíram em dois sistemas de cultivo (substrato comum e pedra de ardósia). Aos 45 dias após o transplantio o experimento foi finalizado, realizando neste momento a avaliação das seguintes características: número de folhas, massa fresca das plantas, massa fresca de raiz, massa fresca de parte aérea e massa seca das plantas. os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F e as médias dos tratamentos comparadas pelo teste de tukey no nível de 5 %. Houve efeito significativo para as características número de folhas, massa fresca das plantas, massa fresca de raiz e massa fresca de parte aérea, destacando-se o substrato comercial em relação ao pó de rocha de ardósia. Para característica massa seca de plantas não houve diferença significativa para os diferentes sistemas de cultivo. O substrato comercial, Organo Plus demonstrou ser o melhor sistema de cultivo para produção e desenvolvimento de alface crespa de qualidade.


PDF:
Download

Indexado em: agosto 31, 2021
Cursos Associados: Agronomia
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação