Título do TCC:

Revisão bibliográfica: cuidados de enfermagem baseada em evidências na prática da punção venosa periférica


Autores:

Andressa Caroline Jendrassiak


Orientadores:

Sarah Massoco


Assunto:

Punção venosa periférica. Enfermagem Complicações. Acesso venoso periférico


Resumo:

O uso da via endovenosa para a administração de medicamentos é uma rotina nos serviços de saúde, esta técnica de realização da punção venosa periférica é parte integrante da assistência de enfermagem. Este procedimento é muito utilizado na área da saúde, consiste em perfuração de vasos periféricos, com uso apropriado de materiais, conforme as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), que em 2017 passou as principais recomendações para a segurança da assistência à saúde, com o objetivo de melhorar a qualidade nos serviços de saúde, dentre estas diretrizes em relação a PVP estão: higienização das mãos, seleção do dispositivo e local para inserção, preparo da pele, estabilização e fixação do dispositivo na pele, coberturas estéreis, uso de flushing para permeabilidade do cateter, monitorização diária do local da inserção e remoção do cateter. Os cuidados de enfermagem na utilização desta via é essencial, como todo procedimento invasivo tem suas complicações e riscos no Acesso Venoso Periférico (AVP) as flebites são uma das complicações mais frequentes nos ambientes de saúde, e outros riscos e complicações presentes são os hematomas, extravasamento de medicações. Com uma ampliação da assistência de enfermagem outro dispositivo bem utilizado atualmente em grandes centros e unidade de terapia intensiva neonatal e o cateter de inserção periférica central. Este trabalho consiste em uma revisão bibliográfica, tendo como objetivo, uma atualização sobre o acesso venoso periférico, enfermagem e complicações do procedimento técnico de acesso venoso periférico pela equipe de enfermagem. As buscas foram realizadas na base dos periódicos utilizados junto ao portal regional da Biblioteca regional em saúde (BVS), busca inicial pelo descritor acesso venoso periférico, no período de 2016 há 2021. Os dados analisados pelo método de PRISMA e categorizados junto ao software gratuito de pesquisa qualitativa Taguette, nesta revisão sistemática as principais evidencias cientificas para a prática da PVP foram categorizadas em uma discussão de literatura.


PDF:
Download

Indexado em: fevereiro 14, 2022
Cursos Associados: Enfermagem
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação