Título do TCC:

Perfil dos dependentes químicos que procuram tratamento no caps ad de caçador e sua percepção acerca do tratamento


Autores:

Tatiane Rodrigues de Oliveira


Orientadores:

Edilaine Casaletti


Assunto:

Dependência química, CAPS ad, Perfil dos usuários, Percepção dos usuários


Resumo:

A dependência química é identificada mundialmente como um transtorno psiquiátrico, sendo uma doença crônica que apoia-se sobre o sujeito durante toda a sua vida, mas que se tratada, é controlada. O presente trabalho teve por objetivo identificar o perfil dos dependentes químicos que buscam atendimento no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS ad) de Caçador/SC e sua percepção acerca de seu tratamento. Para isto foi necessário estudar a conceitualização e contextualização da dependência química, como processo de doença, alcançar a compreensão acerca das substâncias psicoativas e seus principais efeitos na intoxicação e abstinência, resgatar historicamente as alternativas de tratamento para usuários de substâncias psicoativas, buscando relacionar aos atuais modelos de tratamento, pesquisar o perfil dos indivíduos que recebem atendimento no CAPS ad Caçador/SC, com base nos dados fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde, buscar por meio de questionário estruturado, informações acerca da percepção que os dependentes químicos tem do seu tratamento no Centro de Atenção Psicossocial de Caçador/SC e por fim compilar os dados obtidos na pesquisa e confrontá-los com o referencial teórico produzido durante a pesquisa. Para o cumprimento deste estudo, foi realizado uma pesquisa de campo associada a uma pesquisa documental com base nos dados fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde do município de Caçador/SC do período de 01/10/2017 a 31/10/2018, associada a uma abordagem quantiqualitativa. Houve busca por meio de questionário estruturado e coleta de dados institucionais, feito com 23 usuários do serviço. Como perfil obteve-se o resultado a maioria dos pacientes serem homens, em idade acima de 45 anos, solteiros, com ensino fundamental incompleto, portadores de Transtorno mental e comportamental devido ao uso de álcool, seguidos de Transtorno mental e comportamental devido ao uso de múltiplas substâncias. Com relação a avaliação da percepção dos indivíduos sobre o tratamento, foi possível identificar que de maneira geral percebem os centros de atendimento como foco principal de intervenção, tendo dificuldades em estabelecer objetivos ou de identificar as mudanças que já ocorreram em sua vida. A pesquisa mostrou, que pacientes abstinentes a mais tempo, têm uma melhor percepção acerca do processo terapêutico, além de o grau de instrução também facilitar essa percepção.


PDF:
Download

Indexado em: junho 28, 2021
Cursos Associados: Psicologia
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação