Título do TCC:

Perfil dos abusadores sexuais e das vítimas: crianças e adolescentes do município de caçador – sc


Autores:

Isabela Zeni


Orientadores:

Lilia Capelin


Assunto:

Capitalismo, Questão social, Serviço social, Violência sexual, Perfil dos abusadores e das vítimas


Resumo:

Nessa pesquisa foi evidenciado o perfil dos abusadores sexuais e das vítimas, crianças e adolescentes, atendidas pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) do município de Caçador - SC no ano de 2019. O método de pesquisa utilizado foi documental e bibliográfico. A pesquisa documental utilizou apenas os registros dos departamentos, não tendo nenhum contato com as vítimas e agressores e nem a sua identificação. No primeiro momento, realizou-se a pesquisa bibliográfica situando a violência como expressão da questão social no modo de produção capitalista, bem como o surgimento da profissão de Serviço Social que atua nessas expressões. Também se abordou, no segundo título, conceitos sobre violência, dados estatísticos e as políticas públicas voltadas a essa expressão da questão social. Em seguida, realizou-se a pesquisa documental onde foram utilizados 36 boletins de ocorrência da DPCAMI resultando em 44 casos de violência sexual contra criança e adolescente. Os dados coletados no CREAS foram 37 casos atendidos no ano de 2019. Os resultados apresentados apontam que 92,5% dos abusadores convivem diariamente com as vítimas, dentro de suas casas, sendo familiares, vizinhos ou conhecidos. Quanto ao sexo mais atingindo neste tipo de violência é o sexo feminino sendo 38 pessoas do sexo feminino e 6 do sexo masculino, atendidos pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI). No Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) foram 29 vítimas do sexo feminino e 8 do sexo masculino. A presente monografia apresenta também relatos das vítimas desnudando a face criminosa e bárbara do ser humano, evidenciando o perfil dos agressores. Com a pesquisa conclui-se que o sistema econômico capitalista vivenciado em nossa sociedade ocasiona as expressões da questão social, sendo uma dessas expressões a violência sexual, entende-se que fatores econômicos, sociais, culturais e psicológicos também contribuem para a geração de violências. Aferiu-se ainda que as políticas públicas, embora existentes, são deficitárias na atuação de prevenção e tratamento da violência sexual. Palavras-chave: Capitalismo. Questão Social. Serviço Social. Violência sexual. Perfil dos Abusadores e das vítimas.


PDF:
Download

Indexado em: junho 28, 2021
Cursos Associados: Serviço Social
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação