Título do TCC:

Percepção de adolescentes sobre a inclusão, na escola, da temática: sexualidade


Autores:

Izabelle Bruschi


Orientadores:

Hillevi Maribel Haymussi


Assunto:

Sexualidade, Parâmetros Curriculares Nacionais, Percepção de alunos, Videira/SC


Resumo:

Esta monografia situa-se no contexto da cidade de Videira, especificamente no âmbito do tema de inclusão na escola da temática sexualidade. Adolescência e sexualidade são temas que sempre estiveram presentes no universo de pais e educadores e geraram muitas polêmicas e controvérsias. Embora seja inerente a espécie humana ela sempre recebeu enfoque na questão da reprodução humana. No ano de 1997 criaram-se os Parâmetros Curriculares Nacionais com inclusão dos Temas Transversais em que aponta a Orientação Sexual cuja finalidade é fomentar a oferta de reflexões e discussões dos profissionais técnicos, dos professores e de toda equipe pedagógica, incluindo os pais e responsáveis pelos adolescentes. E em Videira? Como os alunos se manifestam sobre esta polêmica? O objetivo geral desta monografia foi analisar a percepção de adolescentes, do ensino fundamental de 6ª a 9ª séries das escolas de Videira/SC, sobre a inclusão da temática sexualidade na escola. Como objetivos específicos estabeleceram-se: Identificar e caracterizar escolas municipais, estaduais e particulares e Videira/SC com ensino fundamental; estabelecer o perfil dos entrevistados; identificar se os alunos têm recebido orientações sobre sexualidade na escola; identificar se estas informações têm contribuído para suas expectativas; identificar se as informações recebidas sobre sexualidade contribuem para a prevenção de um viver saudável da sexualidade. Para o desenvolvimento deste trabalho utilizou-se de pesquisa bibliográfica e documental e pesquisa de campo. Elegeu-se a pesquisa qualitativa, na perspectiva do método crítico dialético, com a utilização de recursos quantitativos. Para a coleta de dados foram utilizados dados documentais das escolas e questionário estruturado. Os dados foram analisados por meio de análise estatística, expondo os resultados em gráficos e interpretando-os. A partir do presente estudo foi possível constatar que os alunos entrevistados estão na faixa etária entre 10 a 14 anos. Que os alunos de ambas as escolas recebem orientações sobre sexualidade na própria escola e, também, predominantemente os alunos receberam informações sobre sexualidade de suas famílias. Majoritariamente os alunos concordam ser importantes as orientações sobre sexualidade serem fornecidas na escola.


PDF:
Download

Indexado em: junho 28, 2021
Cursos Associados: Serviço Social
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação