Título do TCC:

Partos prematuros: sua ocorrência em um município do meio oeste catarinense


Autores:

Samara Vesaro


Orientadores:

Aires Roberta da Rosa Brandalise


Assunto:

Gravidez, Complicações, Parto prematuro


Resumo:

Este é um estudo qualitativo e quantitativo de abordagem exploratória. Os objetivos deste trabalho são analisar a ocorrência de partos prematuros em um município do meio oeste catarinense, identificar o número de partos prematuros ocorridos em 2018 no município de Caçador-SC, verificar as causas maternas evitáveis que possam ter desencadeado o parto prematuro e identificar a continuidade do cuidado ao prematuro após a alta. O estudo ocorreu no mês de maio de 2019 tendo como fonte de informações a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Caçador, através do SINASC e Sistema Informatizado da Secretaria Municipal de Saúde, com o levantamento das informações onde ocorreram 86 partos em 2018 e optamos pela amostra de 10 mulheres que tiveram parto prematuro entre 28 a 36 semanas na maternidade local e de referência no ano de 2018. Dando a sequência com a visita domiciliar, realizando a abordagem com mães maiores de idade, seguindo com um questionário de questões objetivas após as participantes concordarem em fazer parte da pesquisa. Constatou-se que a maioria das participantes tinham a faixa etária entre 20 e 30 anos. Ao verificar as causas maternas, notou-se que a pré-eclâmpsia teve maior predominância na ocorrência da prematuridade. A maioria das participantes relataram realizar acompanhamento mensal de puericultura e acompanhamento com o pediatra. O papel do enfermeiro é fundamental na captação precoce, na identificação dos riscos maternos, na busca ativa e em toda a assistência de pré-natal, parto, puerpério e puericultura.


PDF:
Download

Indexado em: junho 24, 2021
Cursos Associados: Enfermagem
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação