Título do TCC:

Benefícios do isostretching sobre a força muscular respiratória e a expansibilidade torácica em sedentários


Autores:

Rubian Michelly de Souza


Orientadores:

Daniela dos Santos


Assunto:

Isostretching, força muscular respiratória, expansibilidade torácica, sedentarismo


Resumo:

Introdução: Uma pessoa é considerada sedentária se não pratica atividades físicas, e evidencia pouco gasto calórico semanal referente as atividades ocupacionais. O sedentarismo causa muitos efeitos deletérios ao organismo, sendo estes biológicos, fisiológicos ou fisiopatológicos. Em contrapartida a prática de atividade física regular traz benefícios a saúde. O Isostretching é uma técnica considerada global, pois além de trabalhar a capacidade respiratória, trabalha a consciência corporal e busca fortalecer os músculos que sustentam o corpo. Assim, melhora a dinâmica ventilatória e promove uma postura correta. Objetivos: Examinar o efeito do método sobre a força muscular inspiratória e expiratória, e na expansibilidade torácica de sedentários. Objetivos específicos: explicitar a técnica de Isostretching, classificar a força muscular inspiratória e expiratória, mensurar a expansibilidade torácica em nível axilar, processo xifóide e região basal da população do estudo, e discutir os dados obtidos antes e após a intervenção do método Isostretching. Metodologia: Caracteriza-se como uma pesquisa exploratória, tratou-se de uma pesquisa bibliográfica, experimental, quantitativa e qualitativa aprovada pelo parecer 2.408.253 da UNIARP. Os recursos fisioterapêuticos para mensuração envolveram o manovacuômetro para avaliação da força muscular respiratória, e a cirtometria para mensuração da expansibilidade torácica, realizados antes e após 20 sessões do método Isostretching, em uma população formada por três mulheres e dois homens. Resultados: Em relação aos valores da PImáx. obteve-se aumento de 41,7%, e de 25,7% da PEmáx., enquanto os valores para a expansibilidade torácica revelaram-se de 39% em nível axilar, 43,9 % no xifoideano e 48,8% em basal. Conclusão: No estudo apresentado sobre o Isostretching, a técnica aplicada em sedentários durante 20 sessões, obteve dados relevantes sobre a mecânica respiratória.


PDF:
Download

Indexado em: junho 23, 2021
Cursos Associados: Fisioterapia
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação