Título do TCC:

A violência contra mulheres na cidade de caçador


Autores:

Andrea Alves Cavalet


Orientadores:

Hillevi Maribel Haymussi


Assunto:

Violência, Violência contra a mulher, Caçador


Resumo:

Esta monografia situa-se no contexto da cidade de Caçador, especificamente no âmbito da temática violência contra as mulheres. O interesse em elaborá-la vem da constatação do número crescente de violência praticada contra as mulheres nessa cidade nos últimos anos e da experiência vivenciada durante o período de estágio curricular obrigatório de Serviço Social, numa instituição local receptora de mulheres que sofreram violência, sendo essa uma consequência das desigualdades sociais que refletem o modelo econômico e político estabelecido na sociedade. A questão orientadora do presente estudo centrou-se numa pesquisa em instituições da cidade de Caçador sobre o cometimento de violência contra as mulheres, objetivando analisar tal ocorrência entre os anos de 2018 a 2020. Para o desenvolvimento deste trabalho, utilizou-se a pesquisa de campo, bibliográfica e documental com o objetivo de fazer referência a temas que envolvem a temática violência contra a mulher, especificando como alguns autores a entendem, como apontam os tipos de violência, relacionando-a ao sistema patriarcal e ao modelo econômico capitalista. Apresenta- se, também, a condição da mulher em seu processo histórico e as leis criadas, ao longo dos anos, para a proteção desse grupo. Elegeu-se a pesquisa qualitativa na perspectiva do método crítico dialético, com a utilização de recursos quantitativos, para a aplicação do estudo. Para a coleta de dados, utilizaram-se dados documentais das instituições Associação Maria Rosa (AMAR), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), e Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI). Os dados foram analisados por meio de análise estatística, expondo-se os resultados em gráficos e interpretando-os. A partir da monografia em questão, fez-se possível verificar que a violência contra mulheres na cidade de Caçador se evidencia de forma contundente. No período estudado, 2018 a julho de 2020, por meio dos dados institucionais, constatou-se um número elevado de ocorrências de violência contra as mulheres praticados por pessoas próximas, ou seja, aquelas que criaram vínculos com elas, transformando o vínculo de uma relação afetiva, em violência. Em Caçador, no período pesquisado, totalizaram-se 1.563 casos de violência contra a mulher. No ano de 2018, houve 1.212 casos de violência, 249 foram mulheres atendidas pela psicóloga na DPCAMI, atendidas no CREAS e acolhidas na AMAR; 963 foram boletins de ocorrência efetivados durante o ano, sendo analisados separadamente. No ano de 2019, registraram-se 227 casos de mulheres vítimas de violência atendidas pela psicóloga na DPCAMI, atendidas no CREAS e acolhidas na AMAR, sem se coletarem os boletins de ocorrência. De janeiro a julho no ano de 2020, houve 124 casos de mulheres que registraram boletins de ocorrência na DPCAMI, sendo atendidas no CREAS e acolhidas na AMAR. Os tipos de violência mais evidenciados são ameaças seguidas de agressões físicas e psicológicas.


PDF:
Download

Indexado em: junho 28, 2021
Cursos Associados: Serviço Social
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação