Título da Monografia:

Perfil e percepção organizacional dos colaboradores operacionais de uma indústria da madeira


Autores:

Vanessa Priscila Cordeiro Rosa


Orientadores:

Soeni Aparecida de Barros Yamaguchi


Assunto:

Programa de recursos humanos, Clima organizacional, Vantagem competitiva


Resumo:

A gestão estratégica de pessoas tem gerado um interesse cada vez maior nos administradores brasileiros não por acaso ou modismo, mas por puro senso prático, pois cada vez mais as empresas estão dependendo os colaboradores, para alcançar vantagem competitiva. A cultura e o clima organizacional são elementos fundamentais que compõe o processo competitivo. Devem ser gerenciados, de modo a gerar clima favorável ao desenvolvimento das pessoas e da organização. Deve ser considerado que a cultura e o clima recebem influência do ambiente externo, assim como influenciam o ambiente interno, gerando fluxo e refluxo que implicam diretamente nas relações de trabalho. Este estudo teve a finalidade de analisar o perfil e a percepção organizacional dos colaboradores operacionais de uma indústria da madeira, localizada na cidade de Caçador-SC, com intento de descobrir conhecer a visão dos mesmos, pode colaborar no desenvolvimento de programas de recursos humanos. O trabalho se caracterizou por pesquisa qualitativa e quantitativa, do tipo bibliográfica e descritiva, os dados foram levantados por meio de questionário, aplicado de forma aleatória, tendo adesão de sessenta e sete por cento, dos colaboradores operacionais. O perfil dos colaboradores se apresenta como: maioria masculino; entre a faixa etária de dezenove a cinquenta anos, sendo duas faixas etárias com menos colaboradores, compreendidas entre vinte e sete e trinta anos e trinta e seis a quarenta anos, já as demais faixas etárias, apresentam um certo equilíbrio, girando em torno de quinze por cento de representatividade em cada uma delas. Com escolaridade dominante entre ensino fundamental e médio completo e apenas trinta por cento continuam seus estudos. A maioria conta com mais de cinco anos de empresa, com renda bruta predominante de até dois salários mínimos, inclusive a maioria possuem casa e carro próprio, tendo sem nome positivado nos sistemas de crédito e conseguem economizar de dez a trinta por cento do seu ganho mensal. Quanto a composição familiar, pode ser caracterizada como média, pois possuem em média quatro membros na família e provedor principal da família é o próprio colaborador da empresa. Em relação a percepção dos colaboradores quanto a organização, pode-se afirmar que valorizam o trabalho que estão realizando; que o treinamento é suficiente e adequado; que em relação a remuneração dividem-se entre satisfeitos e insatisfeitos, em grau de equilíbrio. Estão contentes com a chefia e com as condições de trabalho; com relação ao relacionamento com os colegas e a comunicação estão com nível de satisfação abaixo do esperado. A imagem da organização é ótima, a ponto da maioria recomendar a instituição como boa para se trabalhar. Os colaboradores encontram motivação pessoal nos pais como modelo de vida e na vida profissional na chefia e nos professores. Com esta pesquisa se pode perceber que conhecer o perfil e a percepção dos colaboradores operacionais é fundamental para poder orientar os programas de recursos humanos, com foco no alinhamento ao planejamento estratégico da organização.


PDF:
Download

Indexado em: junho 30, 2021
Áreas Associadas: Administração
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação