Título da Dissertação:

FRAGILIDADE E QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS EM CONTEXTO DE VULNERABILIDADE SOCIAL


Autores:

LUIZ EDUARDO BONDAN


Orientadores:

Ricelli Endrigo Ruppel da Rocha


Palavras-Chave:

1. Envelhecimento. 2. Vulnerabilidade. 3. Síndrome. 4. Qualidade de vida I. Rocha, Ricelli Endrigo Ruppel da. II TÍTULO


Resumo:

A fragilidade é uma síndrome multifatorial e multidimensional caracterizada pela diminuição da força, resistência e função fisiológica, aumentando a vulnerabilidade de um indivíduo em desenvolver dependência e morte, impactando negativamente na qualidade de vida. O objetivo desse estudo foi avaliar a fragilidade e a qualidade de vida de idosos em contexto de vulnerabilidade social, atendidos nos Centros de Referência da Assistência Social – CRAS do município de Videira - SC. Participaram do estudo 101 idosos atendidos nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Foram avaliados a fragilidade com o instrumento Índice de Vulnerabilidade Clínico Funcional – 20 (IVCF-20) e a qualidade de vida relacionada à saúde com o questionário WHOQOL-OLD. Para as análises estatísticas comparando os domínios da qualidade de vida intragrupos e entre os grupos Frágil e Não frágil, foram utilizados a análise de variância (ANOVA) e o teste t de Students para amostras independentes, respectivamente. Para as associações e as correlações foi realizado o teste qui-quadrado (?2) e a correlação de Pearson com nível de significância adotado de p0,05). Em conclusão, a idade e a perda dos sentidos estão relacionadas com a fragilidade e com a qualidade de vida dos idosos dos CRAS. Palavras-chave: Envelhecimento. Vulnerabilidade. Síndrome. Qualidade de Vida.


Abstract:

Não Informado


Ano:

2020


Páginas:

Não Informado


https://acervo.uniarp.edu.br/?p=924
PDF:
Download

Indexado em: maio 26, 2021
Cursos Associados: Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento e Sociedade
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação