Título da Dissertação:

FORMAÇÃO DOCENTE TECIDA COLABORATIVAMENTE PARA COCRIAÇÃO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS INCLUSIVAS


Autores:

RAFAELA GESCHONKE DAL’ BÓ


Orientadores:

Dra. Marlene Zwierewicz – PPGEB – UNIARP (Presidente da Banca/ Orientadora)


Palavras-Chave:

Educação Básica. Educação inclusiva. Formação docente. Práticas pedagógicas


Resumo:

A educação inclusiva pressupõe a transformação da cultura, das políticas e das práticas excludentes vigentes nas escolas e nos sistemas de ensino, de modo a garantir o acesso, a participação, a aprendizagem e o desenvolvimento integral de todos os estudantes, independentemente das especificidades que apresentem. Uma das condições que colaboram para a educação inclusiva consiste em oportunizar aos docentes formações que os auxiliem no trabalho com as singularidades de todos os estudantes. No intuito de contribuir com esse processo, esta pesquisa teve como objetivo elaborar uma proposta de formação pedagógica em serviço, com um repertório de estratégias didáticas inclusivas passíveis de utilização por docentes do Ensino Fundamental de uma escola privada de União da Vitória – Paraná. Teoricamente, a pesquisa foi estrutura com apoio de autores como Alves (2013, 2015, 2020), Campos (2009), Correa (2010), Delors et al. (1998), Freire (2008), Mantoan (2003, 2006), Marques et al. (2020), Mazzota (2006, 2008), Morin (2000), Silva Neto (2018). Metodologicamente, foi priorizada a pesquisa-ação, ancorada nas abordagens qualitativa e quantitativa. Do estudo, participaram 21 docentes de uma escola privada do município de União da Vitória, Paraná, Brasil. Os dados foram coletados por meio de: i) um roteiro para levantamento das especificidades apresentadas em laudos e/ou pareceres referentes aos estudantes; ii) um questionário para conhecer a percepção dos docentes sobre a inclusão e suas demandas formativas; iii) um formulário on-line utilizado em cada encontro formativo para avaliar a formação. Entre os resultados, destaca-se a identificação de diferentes especificidades dos estudantes detectadas em laudos médicos e/ou pareceres neuropsicológicos, bem com a sistematização de demandas formativas dos participantes e a elaboração, organização e aplicação de uma proposta de formação pedagógica comprometida com seu atendimento. Em relação à proposta formativa, os participantes destacaram sua relevância para práticas pedagógicas inclusivas e ressaltaram entre seus diferenciais, a ênfase no trabalho colaborativo e o planejamento com repertório de estratégias didáticas diversificadas. Quanto ao produto educacional, destaca-se seu compromisso com especificidades dos estudantes e com as demandas dos docentes. Seu formato em encontros temáticos possibilitou vincular a proposta às reais necessidades do contexto, além da ênfase na interação que define condições determinantes para a inclusão pautada no processo de cocriação. Palavras-chave: Educação Básica. Educação inclusiva. Formação docente. Práticas pedagógicas


Abstract:

Inclusive education presumes a transformation of the culture, policies and of the current excluding practices at schools and the system of education in order to guarantee the access, participation, learning and integral development of all students, independently of the specificities that they might present. One of the conditions that collaborates to the inclusive education is to bring opportunities to the teachers to a training that can help them deal with the singularities of all students at work. Aiming to contribute to this process, this research focused on the elaboration of a proposal in pedagogical training at work, with a repertoire of inclusive didactical strategies to be used by teachers of the Elementary Education of a private school in União da Vitória – Paraná. Theoretically, the research was structured with the support of authors such as Alves (2013, 2015, 2020), Campos (2009), Correa (2010), Delors et al. (1998), Freire (2008), Mantoan (2003, 2006), Marques et al. (2020), Mazzota (2006, 2008), Morin (2000), Silva Neto (2018). Methodologically, a research-action was prioritized and supported by qualitative and quantitative approach. Twenty-one teachers took part in the study at a private school in the town of União da Vitória, Paraná, Brazil. The data was collected by means of: i) a guide to the coverage of the specificities shown in reports and/or position papers referring to the students; ii) a questionnaire to get to know the perception of the teachers about inclusion and their formative demands; iii) an online form used in each training meeting to evaluate the formation. Among the results, one can highlight the identification of different specificities of students found in medical reports and/or neuropsychological position papers, as well as the systematization of the formative demands of the participants and the elaboration, organization, and application of a proposal to a pedagogical formation committed to its attending. In relation to the formative proposal, the participants highlighted its relevance to the inclusive pedagogical practices and pointed out, among their differences, the emphasis on the collaborative work and the planning with the repertoire of diversified didactical strategies. On the educational product, one can notice its commitment to the specificities of the students and with the teachers’ demands. Having it in the format of thematical meetings, it was possible to bound the proposal to the real necessities of the context, besides the emphasis on the interaction that defines the determinant conditions to the inclusion set during the process of the co-creation. Keywords: Elementary Education. Inclusive education. Teacher training. Pedagogical practices.


Ano:

2021


Páginas:

163


https://acervo.uniarp.edu.br/?p=2780
PDF:
Download

Indexado em: agosto 22, 2022
Cursos Associados:
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação