Título da Dissertação:

“AÇÕES DE SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL, ECONÔMICA E SOCIAL PRATICADAS POR FUNDAÇÕES COMUNITÁRIAS DE SANTA CATARINA: UM ESTUDO COMPARATIVO”.


Autores:

Suzana Alves de Morais Franco


Orientadores:

Prof. Dr. Adelcio Machado Dos Santos (Orientador) – PPGDS/UNIARP


Palavras-Chave:

1. Fundações. 2. Sustentabilidade 3. Dimensões da sustentabilidade. 4. Terceiro setor. 5. Educação Superior I. Santos, Adelcio Machado dos II. Hülse, Levi.III. TI-TULO. CDD:303


Resumo:

A partir de uma perspectiva histórica às Fundações privadas, identificando as legislações que as norteiam e abordando o conceito de sustentabilidade e suas dimensões ambientais, econômicas e sociais, tornou-se possível a deliberação do tema proposto nesta dissertação, indo ao encontro da importância do terceiro setor junto à comunidade, o qual, por vezes, oportuniza uma melhoria na qualidade de vida, evidenciando, dessa forma, a importância de suas ações. Para tanto, delimitou-se o seguinte objetivo geral: analisar as ações de sustentabilidade ambiental, econômica e social praticadas pelas Fundações Comunitárias de Santa Catarina. Como passos para o alcance do objetivo geral, fixaram-se os seguintes objetivos específicos: i) contextualizar, a partir de uma perspectiva histórica, as fundações privadas; ii) identificar as legislações que regem as fundações privadas; iii) descrever o conceito de sustentabilidade e suas dimensões; iv) pesquisar as ações de sustentabilidade praticadas pelas fundações comunitárias de Santa Catarina; v) comparar as ações de sustentabilidade praticadas pelas fundações comunitárias de Santa Catarina. As delimitações metodológicas para a execução do proposto na presente dissertação enquadraram-na como um estudo qualitativo dos tipos bibliográfico e documental, empregando a abordagem dedutiva, ou seja, partiu-se de um raciocínio descendente, do geral para o particular, chegando a uma conclusão. O universo concentrou-se nos associados à ACAFE – Associação Catarinense das Fundações Educacionais, e a amostragem intencional focou em três fundações específicas: FUNIARP – Fundação Universidade Alto Vale do Rio do Peixe; FEDAVI – Fundação Educacional do Alto Vale do Itajaí; e FUNOESC – Fundação Universidade do Oeste de Santa Catarina. Para a organização dos dados levantados, optou-se pelo emprego de quadros e de textos explicativos. Para a efetiva análise, utilizaram-se os métodos descritivo e comparativo, buscando as coincidências e as discrepâncias entre as informações, bem como a conexão com a devida fundamentação teórica. Por fim, concluiu-se que as fundações aqui estudadas se encontram em parâmetro diante das ações de sustentabilidade ambiental, econômica e social, enfatizando a sua relevância à sociedade que as circunvizinha. Portanto, o presente estudo demonstrou a importância de cada ato, ação, que beneficia o cidadão e, por conseguinte toda a sua família, haja vista que, por vezes, aquele indivíduo, aquele ser humano é o primeiro de uma geração, normalmente, a ser agraciado por uma ação, bem como, ainda não menos importante, por um indicador social, um curso superior. Por fim, é importante destacar que as ações de sustentabilidade praticadas pelas fundações, aqui estudadas, atingem regiões com um IDH baixo ou baixíssimo na visão estadual, evidenciando-se assim o quanto fazem a diferença em seu entorno, em cada comunidade, família e na vida de cada ser humano. Palavras-chave: Fundações. Sustentabilidade. Dimensões da sustentabilidade. Terceiro setor. Educação superior.


Abstract:

Não Informado


Ano:

2020


Páginas:

100


https://acervo.uniarp.edu.br/?p=2312
PDF:
Download

Indexado em: agosto 27, 2021
Cursos Associados: Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento e Sociedade
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação