Título da Dissertação:

A ATUAÇÃO DO INSTITUTO MÉDICO LEGAL DE SANTA CATARINA E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A POPULAÇÃO DO MEIO OESTE CATARINENSE NOS CASOS DE HOMICÍDIO


Autores:

Jean Carlos Kuss


Orientadores:

Prof. Dr. Levi Hulse (Orientador) – PPGDS/UNIARP


Palavras-Chave:

1 Perícia. Criminal. 2. Homicídio. 3. Desenvolvimento. 4 Sociedade I. Hülse , Levi . II.T í tulo


Resumo:

Este trabalho versa sobre a atuação do Instituto Médico Legal de Sant a Catarina e sua contribuição para a população do meio oeste catarinense nos casos de homicídio . A criminalidade apresenta , ao longo d os anos, elevado índice de crescimento em nossa sociedade e por conseguinte, o trabalho pericial obtém uma maior visibilidade junto a população, tanto a Polícia Civil quanto a sociedade buscam no trabalho da perícia, uma resposta para os crimes que acontecem na região do meio oeste catarinense. Diante desse problema social, o objetivo principal consiste em analisar a atuação do Instituto Geral de Perícias do estado de Santa Catarina em específico o setor de Medicina Legal, no esclarecimento dos crimes de homicídio através das atividades laborais exercidas interdisciplinarmente pelos servidores no Instituto Médico Legal de Sant a Catarina. Para alcançar es t e objetivo traçou se os seguintes objetivos específicos: a) contextualizar por meio de revisão bibliográfica sobre a Perícia Criminal e demonstrar sua importância desde seu “nascimento” até os dias atuais, b discorrer sobre a regulamentação do Instituto Médico Legal do estado de Santa Catarina, c) elencar as áreas de formação dos servidores efetivos no Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina e d) demonstrar através de pesquisa documental e análise de laudos periciais como a interdisciplinaridade ajudou a solucionar casos de crimes de homicídio na 8ª Messorregional de Perícias. O método para alcançar os objetivos foram através de pesquisa bibliográfica e documental referente à abordagem caracteriza se pela modalidade descritiva com base na análise de documentos se enquadra ainda como pesquisa básica, já que o conhecimento produzido não prevê uma aplicação prática , o levantamento das informações foi concentrado na c idade de Caçador SC devido a facilidade d e acesso a biblioteca da UNIARP e ao Instituto Geral de Perícias , o qual tornou se a maior fonte de informações aqui descritas A seleção dos documentos apresentados consistiu em filtrar somente os homicídios ocori dos entre as datas de 01/01/201 6 até 31/ 1 2 /2020 , com apresentação de três casos aleatórios . O s resultados demonstram que entre os anos de 2016 e 2020 os homicídios oscilaram, com um aumento considerável em 2020 chegando a trinta e dois (32) casos, contribuindo para que o total de mortes violentas , n esse período ficasse em cento e um (101) casos, tendo como base o número total . Constatou se que o Instituto Médico Legal chegou a 100% de laudos emitidos, com 85,1% de laudos do Instituto de Criminalística e 72,2 % de produção do Instituto de Análises Forenses n as perícias de dos agem alcoólica e toxicológica , ademais emitiram dois laudos de comparação de DNA para identificação de corpos impossibilitados de reconhecimento visual . Ao final dos cento e um (101) casos de homicídios noventa (90) foram soluciona dos perfazendo um sucesso de 89,1% dos casos ocorridos. Diante destes números nota se a importância do Instituto Médico Legal em conjunto com os demais órgãos que compõem o Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina , aliado à investigação da Polícia Civil para solucionarem os casos considerados como expressão máxima da violência interpessoal. Palavras chave: Perícia. Criminal . Homicídio. Desenvolvimento . Sociedade


Abstract:

Não Informado


Ano:

2021


Páginas:

Não Informado


https://acervo.uniarp.edu.br/?p=2319
PDF:
Download

Indexado em: agosto 27, 2021
Cursos Associados: Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento e Sociedade
Tags Associadas: Nenhuma Tag associada a publicação